leaderboard.gif

Benfica quer fazer história na Liga dos Campeões Feminina



O Sport Lisboa e Benfica fazia campanha histórica em sua primeira participação no Campeonato Nacional Feminino, na temporada 2019-2020, consequência do elevado investimento do clube na modalidade e, também, da disparidade em relação a outras equipes. Veio, então, a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), que cancelou o restante da competição e adiou o sonho da conquista inédita das Gloriosas.


Embaladas pelos títulos da II Divisão, Taça de Portugal e Supertaça de Portugal, as Encarnadas brigavam ponto a ponto com as arquirrivais do Sporting pelo posto máximo do principal torneio de futebol feminino do país. Em 15 rodadas, somavam 14 vitórias (uma delas sobre as sportinguistas, em casa, por 3 a 0; a maior delas, um impiedoso 24 a 0, também em seus domínios, frente ao Cultural A-dos-Francos) e somente uma derrota (para o próprio Sporting, fora de casa, por 3 a 2), ou seja, 42 pontos. Mesma pontuação das Leoas, mas com vantagem no confronto direto, o primeiro critério de desempate. Dentro das quatro linhas, as benfiquistas anotaram 101 tentos e sofreram apenas quatro, totalizando um saldo avassalador de 97 gols.


Como liderava o Campeonato na época da paralisação, o Benfica conquistou o direito de participar, pela primeira vez, da Liga dos Campeões Feminina, a maior competição interclubes do futebol feminino europeu. E está vivo na briga por uma vaga na fase de grupos - o clube deve disputar os estágios eliminatórios porque Portugal se encontra no 24º lugar do Coeficiente da Uefa. As partidas, vale lembrar, estão sendo disputadas em mata-matas simples, com portões fechados, por causa da Covid-19.


Na primeira eliminatória, o sorteio colocou o PAOK, da Grécia, no caminho das Águias. Uma mera coincidência com o desafio encarado pelo time masculino, que deu adeus à Champions masculina precocemente. Dessa vez, no Estádio Makedonikos, na Tessalônica, o roteiro foi diferente. Com gols de Ana Vitória, Cloé Lacasse e Catarina Amado, as comandadas de Luís Andrade venceram as anfitriãs, na quarta-feira passada (4), por 3 a 1 - Thomai Vardali fez o gol de honra do PAOK.


Agora, as Gloriosas têm pela frente as mulheres do Anderlecht, declaradas campeãs na Bélgica após a pandemia forçar o encerramento do campeonato. O confronto será jogado na próxima quarta-feira (18), no Estádio Constant Vanden Stock, casa do maior e mais popular clube belga. Um eventual empate levará o duelo para a prorrogação. Se a igualdade no placar persistir, a vaga será decidida nos pênaltis. Caso vença, o Benfica Feminino conquistará a histórica classificação para a fase de grupos. A derrota, obviamente, está fora dos planos.


Desde julho de 2019, o Maior de Portugal é treinado pelo português Luís Andrade. Com a grande responsabilidade de substituir o comandante dos títulos da II Divisão e da Taça de Portugal, seu compatriota João Marques, ele não demorou a mostrar o cartão de visitas. No dia 8 de setembro do ano passado, com gol da meia Pauleta, o SLB, campeão da Copa, conquistou a Supertaça de Portugal ao superar o Sporting Braga, campeão da Liga, pelo placar mínimo.


A goleira brasileira Dani Neuhaus, a lateral-direita portuguesa Catarina Amado (que também pode jogar na zaga), a zagueira portuguesa Sílvia Rebelo, a volante nigeriana Christy Ucheibe, a meio-campista brasileira Ana Vitória, a meio-campista espanhola Pauleta, a atacante canadense Cloé Lacasse e as atacantes brasileiras Darlene (que tem mais de 100 gols pelo clube e infelizmente está lesionada) e Nycole estão entre os destaques do elenco que quer continuar encantando a massa encarnada.


Além da Uefa Women's Champions League, também interessa ao SL Benfica a Taça de Portugal 2019-2020, que retornou no mês passado. Na semifinal, realizada em 14 de outubro, as benfiquistas venceram o Famalicão por 2 a 1 (foto), com gols de Nycole (de pênalti) e Lacasse, e aguardam Estoril ou Braga para a decisão. A outra semifinal da copa nacional será disputada no mesmo dia de Anderlecht x Benfica. Por sua vez, a data da finalíssima ainda não foi definida.


Foto: David Martins/SL Benfica

© 2020 Benfica Independente

Contacto:

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram