leaderboard.gif

Benfica x Rio Ave: Jamor mais perto

Atualizado: Jan 16


Bruno Lage na conferência de imprensa de ante visão ao jogo tinha apontado para um jogo complicado entre duas boas equipas e acertou em cheio. A mini rotação que vimos no jogo contra o Aves deixou a ideia que iríamos levar a sério este difícil adversário. Mas por outro lado, a não convocatória do nosso melhor Guarda Redes atenuou um pouco essa ideia.


Quanto ao jogo, tivemos uma má entrada e talvez tenhamos sido surpreendidos com a boa organização defensiva do Rio Ave com as linhas muito juntas e subidas. Desta forma, anularam o jogo entrelinhas que Bruno Lage tanto gosta e obrigaram o Benfica a jogar por fora. No capítulo defensivo estivemos francamente mal, a nossa pressão não foi suficientemente efectiva para não deixar o Rio Ave sair com qualidade. Na segunda parte os níveis de agressividade aumentaram e aí conseguimos empurrar o adversário para a sua grande área. As substituições de cariz ofensivo também ajudaram o Benfica (mais uma vez) a dar a volta ao resultado.


Acabou por ser um bom jogo de futebol, que merecia muito mais público nas bancadas. O horário do jogo foi de encontro aos interesses de todos menos de quem realmente importa, o adepto de futebol da bancada!




Notas individuais:


Zlobin – 3

Erro tremendo no segundo golo do Rio Ave e deu ideia que podia ter controlado melhor a profundidade no lance da falta do primeiro golo. Tem de crescer e confirmar o seu potencial… Nesta fase da prova devíamos jogar com os melhores

Tomás Tavares – 7

Deu largura ao ataque do Benfica. Continua a falhar muitos cruzamentos mas participou em muitas jogadas. Cumpriu no capítulo defensivo.

Ruben Dias – 6

Desta vez teve trabalho acrescido com um tal de Taremi. Levou a melhor na maioria dos lances e acabou por ter uma exibição razoável, mas não foi o Ruben que estamos habituados.

Ferro – 4

Revelou algumas falhas de concentração, tanto a defender como a construir. Acabou por ser o escolhido para dar lugar ao seferovic. Na ressaca do jogo, descobrimos que estava tocado. Esperemos que não seja nada de grave e volte a ser o Ferro que estamos habituados.

Grimaldo – 5

Jogo algo apagado do craque espanhol. Teve uma série de bolas paradas muito mal batidas. Defensivamente não esteve mal, mas o jogo do Benfica sentiu falta das suas diagonais nas costas da defesa e dos seus cruzamentos.

Pizzi – 6

Primeira parte fraca, mas ainda foi a tempo de almejar uma exibição positiva na segunda. Conseguiu assistir para o terceiro golo numa bela jogada desenvolvida pelo flanco direito. Dá ideia que sente mais dificuldades cada vez que joga contra equipas bem organizados com bloco alto. Alem disso, os minutos começam a pesar nas pernas…

Taarabt – 7

Vimos um Taarabt mais uma vez a pegar no jogo do Benfica. A maioria dos passes verticais da nossa construção saíram dos seus pés.

Weigl – 6

Continua a notar-se a falta de entrosamento com os colegas e da ideia de jogo. Aspecto perfeitamente normal dada a falta de tempo que ainda teve para trabalhar. Destacar a prestação a defesa central onde foi muito competente.

Cervi – 8

MVP da noite! Marcou um belo golo, esteve incansável tanto a defender como a atacar. Recuperou imensas bolas e imprimiu velocidade cada vez que pegava na bola. Deu tudo como sempre e tem vindo a subir de rendimento de jogo para jogo. Mereceu o enorme aplauso que a Luz lhe presenteou, já algumas vénias, não posso compactuar com elas.

Chiquinho – 5

Voltou a pecar na finalização e desta vez não conseguiu expor o seu jogo entrelinhas. Mérito do Rio Ave, mas cabe ao Chiquinho procurar alternativas.

Vinicius - 7

Mais uma boa exibição do ponta de lança coroada com duas excelentes assistências. Quando olhamos para os seus números temos de começar a ter em atenção não só aos golos (15) mas também aos passes para golo (7).

Seferovic - 8

Depois de uma péssima exibição contra o Aves em que falhou imensos golos, eis que entra e resolve com dois golos um jogo que estava bastante complicado. Faz parte da magia do futebol, mas atenção! Nem antes era besta, nem agora bestial. Continua a ser um bom jogador de quem o treinador pode esperar sempre máximo empenho.

Samaris – N/A

Penso que devia ter entrado mais cedo, uma vez que a equipa estava muito balanceada para a frente e havia necessidade de controlar a partida. Entra sempre com vontade de dar o melhor pela equipa.

Rafa – N/A

Bem vindo de volta e não te magoes!

Bruno Lage - 5

A inclusão de um guarda redes secundário numa prova tão importante como a taça de Portugal, numa fase tão avançada, não é do meu agrado e acredito que da maioria dos benfiquistas. Temos um registo fraco nas ultimas décadas nesta prova e há que mudar isso! No ano passado saímos com grandes responsabilidades do guarda redes e este ano tivemos próximos de cometer o mesmo erro. A atitude da equipa na primeira parte não foi à Benfica. Há mérito do Rio Ave, mas temos de arranjar alternativas. Foi o que aconteceu na segunda parte com a entrada de Seferovic. A equipa ficou mais agressiva e objectiva. No fim, conseguimos o objectivo. Venham as meias! Este ano tem de acontecer JAMOR!

PS: #BakeronoJamor

© 2020 Benfica Independente

Contacto:

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram