leaderboard.gif

O meu Benfica

Calma, o Benfica não é meu, nem teu, nem do Presidente. O que vou partilhar de seguida é apenas a minha visão sobre o Benfica que idealizo, não uma verdade absoluta. Se concordares, muito bem, senão… tudo bem na mesma, cada um vive o Benfica à sua maneira.


Antes de mais partilho uma ideia que tenho confidenciado exclusivamente em círculos muito próximos: sinto que este não é o meu Benfica. Dou por mim a não concordar com quase nada do que se faz e isto não era suposto ser assim. Num universo tão grande de sócios e adeptos é certo e sabido que é quase impossível estarmos todos de acordo sobre determinados assuntos, mas nos últimos tempos dou por mim a não gostar do que vejo.

  • Não gosto dos equipamentos modernaços que não respeitam as nossas cores e a nossa história

  • Não gosto que o projecto imobiliário venha sempre primeiro que o desportivo

  • Não gosto da falta de ambição europeia

  • Não gosto que tratem os sócios como mercadoria

  • Não gosto que nos mantenham sempre à distância dos jogadores, com o cúmulo de se fazer uma despedida do jogador com mais títulos de estádio vazio

  • Não gosto da violência verbal (e física) que tenho visto nas assembleias

  • Não gosto das negociatas com os parceiros estratégicos

  • Não gosto da falta de transparência e de OPAs mal amanhadas

  • Não gosto dos esquemas com gente que nunca devia ter entrado no clube

  • Não gosto do ambiente do estádio e do speaker, um ex-Juve Leo

  • Não gosto da BTV, que se demite de servir os interesses do clube nas eleições

  • Não gosto da falta de democracia e de um regime totalitário que confunde o Presidente com o clube

  • Não gosto, nem perdoo, que tenham envolvido o Benfica em N casos judiciais que deixam uma mancha para sempre

  • Não gosto que paguem casamentos, festarolas ou favores com dinheiro do clube

Idealizo um Benfica próximo dos seus adeptos, que lhes reconhece valor e os coloca no centro de todas as decisões. Ambiciono um Benfica com equipas com tomates de aço e que assuma em campo a ambição dos seus adeptos, seja em que modalidade for. Sonho com um Estádio da Luz com um ambiente de verdadeiro inferno, admirado por adeptos de outros clubes e temido pelos rivais. Quero um Benfica que não prometa títulos europeus apenas para ganhar simpatia junto dos sócios, mas que demonstre coragem e ambição de os conquistar e que esteja em posição de aproveitar um ano atípico nas grandes competições europeias. Desejo um Benfica popular que tenha tempo e espaço para todos e não apenas para os que podem pagar experiências premium.