leaderboard.gif

Benfica sem brio

Atualizado: Jan 12

As aspirações do Benfica na Liga dos Campeões (quase) caíram ontem, perante o Lyon.


O Benfica perdeu por 3-1 frente ao décimo classificado da Liga Francesa, que trocou de treinador à cerca de um mês.


Após mais uma exibição paupérrima, continuam a não se entender algumas opções do treinador. Coloca Tomás Tavares num jogo decisivo, que nunca passou pela equipa B e só tem pouco mais de 100 minutos na Liga NOS. Na mesma ala, colocou Gedson que já demonstrara ser uma nulidade nessa posição. De resto colocou um onze nada fora do expectado.


O Lyon fez um jogo à Benfica, conseguiu concretizar cedo de bola parada e depois baseou-se nas transições rápidas para causar estragos, Depay e Aouar foram fundamentais para os franceses.


O Benfica, por outro lado, mal sofreu o golo, começou a aplicar o bombo para a frente, deixou de ter critério com bola, algo já nos habituaram.


O subvalorizado

Florentino foi um dos mais visados pela derrota benfiquista pela massa adepta. No entanto, ganhou dez duelos de bola e fez duas interceptações, juntando-se a isso oito desarmes. (Dados SofaScore)


Não deixa de ser engraçado que todos apontem Bruno Lage como o maior culpado de isto tudo. Apesar de ter culpa no cartório, pois o Benfica tem de jogar muito mais, começa a ser um problema que vem "de cima".


Durante a presidência de Luis Filipe Vieira, o Benfica teve 13 participações na fase de grupos da Liga dos Campeões. Dessas 13 participações, o Benfica foi eliminado nove vezes. Em 88 jogos, o Benfica tem 31 vitórias, 18 empates e 38 derrotas. Mais derrotas do que vitórias, uma vergonha para o sexto clube com mais vitórias de sempre em competições europeias. O presidente cada vez mais faz parte do problema do que da solução.


Mas isto não invalida o fraco trabalho de Lage, a equipa tem qualidade para fazer bem mais. As promessas do "Benfica Europeu" desvanecem a cada jogo e o presidente permanece tranquilo. pois sabe que vencerá categoricamente as eleições. Pois, saudades de quando o Benfica vencia categoricamente em campo. É necessária uma alternativa viável a Luis Filipe Vieira que, de preferência, não integre na sua direção.


Só o tempo nos dirá o que acontecerá a este Benfica, se alguém mudará a sua atitude enquanto presidente, se continuará a ser humilhado na Europa, ou se de facto começa a investir no plantel e não em escolas ou campos.

© 2020 Benfica Independente

Contacto:

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram