© 2020 Benfica Independente

Contacto:

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
leaderboard.gif

Bomba de Magnusson contra o Feirense



Mats Magnusson chegou ao Benfica em 1987, pela mão do treinador dinamarquês (de má memória) Ebbe Skovdahl. Eram os tempos dos "altos, louros e toscos" que depois não eram nada toscos e tantas boas recordações nos deixaram: Stromberg, Manniche, Jonas Thern ou Schwarz. Mats passou 5 anos entre nós, sempre a marcar golos, de tal maneira que durante muito tempo foi o nosso melhor marcador estrangeiro, até chegar um senhor chamado Óscar Tacuara Cardozo para pulverizar os seus registos.


Mas a melhor temporada do Sueco foi na época 1989/90, em que fez uns sensacionais 33 golos (só recentemente ultrapassados por Jonas, que marcou 34 na época passada!) e um deles foi ao Feirense, num jogo para a 29ª jornada do Campeonato. Um encontro que já não era muito relevante para o Benfica, que seguia alguns pontos atrás do futuro campeão FCPorto e muito mais preocupado em preparar-se para o grande encontro da temporada: a final com o AC Milan para a Taça dos Campeões Europeus. Aliás, é curioso recordar que este jogo com o Feirense foi o imediatamente a seguir ao mítico jogo com o Marselha na Luz, em que Vata imitou a "Mão de Deus" de Maradona.


Que esta bomba de Magnusson inspire a nossa equipa a conseguir a primeira de 7 vitórias nas finais que faltam!