leaderboard.gif

ANTEVISÃO: Lech Poznań x Benfica

O Início do plano B europeu

Esta quinta feira (22 de Outubro) pelas 17:55 começa oficialmente a nossa campanha europeia na Liga Europa. Já se retiraram as ilações necessárias ao desastre grego e agora é o momento perfeito de continuar a série de bons resultados e boas exibições (excepto com o Farense em casa), onde Jorge Jesus tem demonstrado que com o Mister as coisas são realmente diferentes.


É o nosso primeiro confronto de sempre com o LECH POZNAŃ e esperam-se novidades.

Começando pelo SL Benfica, podemos esperar mudanças, não só devido à sobrecarga de calendário, mas também ao historial de rotação em jogos na Liga Europa, que Jorge Jesus demonstrou ao longo da sua carreira.


BENFICA

Não conseguindo prever exatamente todas as mudanças, penso que devemos contar com Gilberto a titular na ala direita da nossa defesa, porque tal como ele demonstrou principalmente na segunda parte do jogo com o Rio Ave, Gilberto é um jogador com potencial e acredito que entrando no “comboio” do JJ dificilmente sairá, principalmente devido à sua grande capacidade ofensiva. Acredito que Nuno Tavares possa ter minutos, não apenas por querer dar minutos a jogadores com menos tempo de jogo, mas também devido ao passado do Grimaldo com as lesões.


No meio campo, estando ainda sem Samaris e Adel Taarabt, não espero grandes mudanças no miolo. Embora Weigl seja a grande incógnita do Benfica neste momento, porque sendo um dos jogadores mais caros da história previsivelmente seria um titular absoluto, a verdade é que Gabriel tem conseguido segurar muito bem o meio campo a nível defensivo e Pizzi, embora seja um jogador que não consigo apreciar em termos futebolísticos, tem cumprido na sua principal função de criação de jogo maioritariamente no último terço do campo.


Por fim, acredito que existam mudanças na linha da frente, mas, para contrariar o sonho de muitos Benfiquistas, Jorge Jesus apenas vai descansar o Darwin pelo Seferovic. A nossa nova esperança (Gonçalo Ramos), provavelmente terá de ficar na bancada novamente. (Espero estar muito enganado principalmente neste aspeto)


LECH POZNAŃ

Feita a análise do Benfica, passemos agora a analisar alguns pontos importantes do nosso adversário:

  • É uma equipa onde o factor casa não representa uma grande mais valia, porque nos últimos 10 jogos fora conseguiu 6 vitórias, 2 empates e 2 derrotas. Sendo que em casa, conseguiu 6 vitórias, 3 empates e 1 derrota. Sei por experiência que jogar na Polónia e neste caso, em casa do Poznan é complicado, mas não acredito que o factor casa vá ter peso;

  • A solidez defensiva é o seu grande trunfo, assentando o seu modelo num 4-3-3, preferencialmente tentando explorar as transições ofensivas com jogadores como Kaminski;

  • O grande pilar em quase todos os momentos do jogo, desde a sua entrada no futebol polaco, tem sido o nosso compatriota Pedro Tiba. Geralmente é o 8 com instruções box to box onde tem sempre algumas tarefas defensivas, mas nunca deixa escapar a oportunidade se chegar mais perto da área adversária e representar uma grande ameaça. Esperemos que não esteja muito feliz neste jogo para nosso fortúnio.

Nunca gostando de fazer previsão de resultados, acredito que o Benfica tem todas as condições para começar a campanha europeia com uma vitória esclarecedora.

Nota final: Sendo este texto, mais direccionado para o nosso primeiro jogo na Liga Europa esta época, não posso passar a oportunidade de deixar de dar uma palavra de força ao André Almeida. Para mim é um dos que não poderia estar num plantel com objetivos sérios europeus, mas estando no plantel do Benfica e acreditando que dá tudo o que tem, resta-me desejar uma rápida recuperação.


▶ Texto enviado pelo benfiquista Gabriel Fernandes.

Queres publicar um texto no nosso site? Envia por email ou pelo formulário do site.

© 2020 Benfica Independente

Contacto:

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram