leaderboard.gif

Senta-te aqui, benfiquista, vamos conversar.

Lembras-te daquele tempo em que o céu brilhava, o Benfica ganhava a jogar como nunca e o Bruno Lage era o Rei disto tudo? É normal que te lembres, foi há menos de uma semana!

Não me entendam mal, entendo perfeitamente o desespero e preocupação de assistir a uma não-vitória benfiquista. É algo contranatura, um sentimento de impotência que nos deixa angustiados e com a garantia de uma noite mal dormida.

A derrota na Croácia pôs a nu o carácter bipolar de muitos benfiquistas que passam do 8 ao 80 em poucos dias. Não me entendam mal, entendo perfeitamente o desespero e preocupação de assistir a uma não-vitória benfiquista. É algo contranatura, um sentimento de impotência que nos deixa angustiados e com a garantia de uma noite mal dormida. Basicamente é como ser do Sporting por breves horas e isso não é uma experiência nada agradável.

A lesão do único ponta-de-lança disponível (já lá vamos) mudou o rumo do jogo e não nos conseguimos adaptar porque alguns jogadores estiveram muitos furos abaixo do esperado.

Mas depois de passar a fase da neura temos de voltar rapidamente à realidade e enfrentar os factos com objectividade:

- O Benfica perdeu a primeira mão da eliminatória

Certo, mas temos ainda um jogo em casa e este adversário está perfeitamente ao nosso alcance. Alguém acredita que não somos capazes de dar a volta? A equipa que ganhou 2 vezes ao Guimarães, venceu pela primeira vez na Turquia, goleou em Alvalade, superou o trauma do Dragão e deu 10 ao Nacional não é capaz? Claro que é.


- A equipa não jogou bem

Correcto, mas se há coisa que não nos podemos queixar deste Benfica de Lage é da falta de exibições convicentes. A lesão do único ponta-de-lança disponível (já lá vamos) mudou o rumo do jogo e não nos conseguimos adaptar porque alguns jogadores estiveram muitos furos abaixo do esperado. Krovinovic andou sempre perdido e o Cervi fez o que tem feito ultimamente: absolutamente nada. Mas também isto tem solução num futuro imediato, Pizzi e Rafa serão titulares no próximo jogo e o problema deverá ficar resolvido.

Afinal em que ficamos? Poupamos os titulares ou jogam os mesmos até rebentar? Lage não pode ser culpado de 2 pecados antagónicos.

- A lesão de Seferovic

OK, aqui sim há motivos para arrancar um ou dois cabelos porque aparentemente não temos alternativas para a posição. Ninguém sabe bem o que se passa com Jonas e ainda não existem informações oficiais acerca da extensão da lesão do suiço, mas acredito que não seja nada de grave e que seja recuperável durante a pausa das selecções. Se não houver Jonas haverá outro qualquer... talvez um certo marroquino que aparentemente se tem empenhado nos treinos.


- A equipa parece cansada

Quanto a isto não há nada a fazer, é o preço do sucesso e da dinâmica infernal implementada pelo nosso treinador e também por isso tem havido uma gestão cuidada dos elementos que apresentam mais desgaste, como Pizzi, Rafa ou André Almeida. Felizmente os seus substitutos têm sabido dar conta do recado e ainda falta aparecer Jota na rotação, por isso mais uma vez não me parece que este seja um problema de especial relevância. Afinal em que ficamos? Poupamos os titulares ou jogam os mesmos até rebentar? Lage não pode ser culpado de 2 pecados antagónicos.


Resumindo, o Benfica encontra-se neste momento numa posição invejável: estamos a jogar bem, na liderança do campeonato com 2 pontos (na prática são 3) de vantagem sobre o maior rival e com claras hipóteses de seguir em frente na Liga Europa. Não existem motivos para entrar em pânico, temos sim de marcar presença de forma massiva em todos os jogos que o Benfica fizer para ajudar a equipa a cumprir os seus objectivos.


Segunda-feira tudo à Luz!



© 2020 Benfica Independente

Contacto:

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram