leaderboard.gif

Uma vitória sofrida

Atualizado: Jan 12

O Benfica ontem venceu o Lyon por 2-1, a contar para o 3º jogo da Fase de Grupos da Liga dos Campeões.


A equipa encarnada sofreu para derrotar o conjunto francês e contou com a “ajuda” de Anthony Lopes, após o erro do português no segundo golo benfiquista.


Bruno Lage fez algumas poupanças e rodou a equipa para um jogo decisivo. Foram a jogo Odysseas, Tomás Tavares, Ruben Dias, Ferro e Grimaldo a compor o eixo defensivo. Florentino fez a sua estreia na competição ao lado de Gabriel. Cervi e Gedson jogaram nas alas e na frente alinharam Rafa e Seferovic.


O Benfica entrou relativamente bem no jogo com Rafa nas entrelinhas a provocar desequilíbrios com a sua velocidade. O Benfica enfrentou um Lyon extremamente desorganizado defensivamente e foi no meio da confusão francesa que Cervi assistiu Rafa que, sozinho, fuzilou a baliza de Anthony Lopes.




O Benfica tentava controlar o jogo, porém encontrou um Lyon que também precisava de ganhar e aos 20 minutos, um duro golpe nas aspirações encarnadas. Rafa lesiona-se após um lance insólito com o árbitro do jogo. Entra Pizzi para o seu lugar e o Benfica perde a capacidade de pressão que estava a ter até então. Assim, vai Gedson para o lado de Seferovic e Pizzi fica a atuar a partir da ala.



Na segunda parte, a equipa encarnada revelava-se apática. Deu a iniciativa do jogo aos franceses e limitou-se a esperar pelo fim do jogo. Juntando isso a um Seferovic desinspirado e um Pizzi apático, este foi o pior momento do conjunto português no jogo. Lyon demonstrava-se incapaz de causar perigo em ataque posicional e Lage decide fazer uma substituição. Entra Vinicius para o lugar de Seferovic.


Porém, o Lyon cada vez mais pressionava e procurava o empate e fez isso acontecer. Uma defesa desorganizada permitiu a Dubois descobrir Depay na área encarnada para fazer o empate.


Pouco tempo depois, Depay quase fazia a reviravolta, após um belo remate em jeito, Odysseas consegue fazer uma boa defesa para canto. Enquanto isso, o Benfica ainda não tinha rematado na segunda parte.


Após um momento de inspiração de Pizzi, este consegue descobrir espaço para fazer um bom remate que foi ao poste.


Mas o destino quis sorrir à equipa encarnada. Anthony Lopes comete um erro ao lançar a bola e Pizzi antecipa-se ao adversário, rematando de primeira para a baliza descoberta. Um infelicidade para o guardião português que resultou na vitória do conjunto benfiquista.



Por um lado, é de ressaltar Florentino, Grimaldo e Gabriel, fizeram um grande jogo ontem e foram tremendamente influentes na equipa.


Por outro lado, Seferovic e Pizzi (apesar do golo) foram alguns dos pontos negativos da equipa.


Neste jogo claramente se demonstrou que a Liga dos Campeões é apenas uma montra para os jogadores do Seixal. Um jogo decisivo para as contas do Benfica e ainda assim o treinador não joga com todos os titulares disponíveis? Não há Benfica Europeu nenhum, há apenas uma equipa sem ideias e um presidente com ideias de vender os jogadores formados cá, não para os manter e ir longe na Europa.

© 2020 Benfica Independente

Contacto:

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram