leaderboard.gif

And now for something completely different ūüé¨

Atualizado: 5 de Out de 2019

Apresento-vos Daniel Podence.

Jovem promessa do Sporting, clube que representou desde os 10 anos de idade e que agora defende as cores do Olympiacos da Grécia, foi (mais) uma esperança de salvação do actual momento do Sporting através de um produto da sua formação.

Tudo certo (?) até aqui.


Eis sen√£o quando, numa troca de ideias no twitter, um amigo sportinguista saca de um "Conejo Podence: o an√£o vai ser o novo Saviola em Portugal".

Bom, sendo assim est√° bem.

Entre mais umas mensagens, umas piadas e demais alarvidades muito típicas dessa rede social, decidi desafiá-lo para um "Put your money where your mouth is".

O prémio foi prontamente decidido que seria uma grade de cerveja. Faltava definir o critério.

Entre golos e assistências, qual seria o desempenho de mágico Podence nessa época.

Começámos pelas suas estatíticas em 2009/10: 19 golos e 11 assistências. Ou seja, 30 pontos.

Fech√°mos por 20.

Eu teria fechado até por 10...


Aposta fechada, foi ver um conjunto de abutres vermelhos a quererem entrar na aposta, cientes que era "dinheiro fácil!". E o que começou como aposta de 1 para 1, rapidamente se transformou em 6 para 1.


E o que sucedeu? Rapidamente o rapaz se eclipsou. Por lesão, empréstimo, sei lá bem. Apenas sei que era mais que esperado.

E em janeiro, segundo me lembro, a grade j√° estava comprada.

"Porque um leão (lannister) paga sempre as suas dívidas"


Depois foi marcar a logística. Definimos que iria ser no jamor. A data foi mais difícil conciliar por todos mas acabou por acontecer neste fim de setembro.


A acompanhar a grade (que acabou por ser várias grades e uma surpresa da Croácia), decidimos montar um farnel digno de uma qualquer deslocação para ver o nosso Benfica: rissois (de camarão e de leitão), coxinhas de frango, presunto, várias qualidades de queijo, bem como pão e broa com fartura para acompanhar.

A surpresa final: decidimos fazer t-shirts com a cara do Podence e com o título Grade para imortalizarmos este convívio.



Fal√°mos de tudo.

Rimos de tudo.


Desde os Vales e Azevedos e Brunos, passando pelos Videotons e Halmstads e concluindo em Chanos e Bojinovs

Sem filtros. Sem pudores. Sem superioridades ou inferioridades.


Ainda deu para assistirmos a fenómenos do entroncamento muito próprios da mata do Jamor (como dar milho aos pombos, sacar de cadeiras de praia e apanhar sol ou chegar num fiat punto verde e ficar à sombra da mesma árvore a ouvir o relato do derby de futsal).


Foi uma tarde muito bem passada entre amigos que partilham o amor pelo jogo e "apenas" divergem no seu amor eterno.

Foi uma tarde que certamente n√£o irei esquecer.


E, secretamente, tenho esperança que mais textos destes possam proliferar pelos Sportings Independentes, Porto Independentes ou Arrifanenses Independentes deste mundo.

E aí sim, estaríamos a testemunhar algo completamente diferente no panorama desportivo nacional. E para melhor, na minha opinião.


Monty Python and the Flying Circus - And now for something completely different (clip) https://www.youtube.com/watch?v=Zk-kQSz-Qv0


(todos os episódios da série estão disponíveis no Netflix)

¬© 2020 Benfica Independente

Contacto:

  • Branco Facebook √ćcone
  • Branco Twitter √ćcone
  • Branca √≠cone do YouTube
  • Branca √ćcone Instagram