leaderboard.gif

John Anthony Brooks

Defesa central. 29 anos, canhoto, 1,93 metros, internacional norte-americano em 45 ocasiões. Jogador de qualidade com 10 anos a jogar sempre na Bundesliga. Os seus números assim o dizem.

É importante dizer que Brooks só chega ao SL Benfica fruto da lesão de Morato e também porque João Vítor e Lucas Veríssimo se encontram inscritos no boletim clínico. Juntando a tudo isto a saída de Jan Vertonghen era urgente trazer um central canhoto para juntar a António Silva e Otamendi no eixo defensivo encarnado. Não é um reforço “caro”, pois estava sem clube e, face às poucas horas que havia de “janela de mercado”, acabou por ser uma solução bem razoável no atual contexto desportivo e financeiro. Assinou por apenas um ano.

Estamos a falar de um “muro” defensivo. Era assim conhecido em terras germânicas. É um jogador muito forte fisicamente, competente no duelo defensivo, bom no 1x1, controla muito bem a sua área em situação de cruzamento, quer através de um bom posicionamento, quer também no jogo aéreo onde é muito poderoso, tirando partido das suas características físicas. Pode ser muito útil nas bolas paradas. Com bola e quando não tem muita pressão tem uma qualidade de passe acima da média, principalmente a variar o corredor de forma longa.

A sua grande debilidade está na tomada de decisão. Revela dificuldades em perceber qual a melhor decisão a tomar em cada lance, principalmente no momento da transição defensiva. É um jogador que não é muito rápido, até por força da sua estatura, e denota dificuldades a rodar os apoios. Irá ter naturais dificuldades em se adaptar ao modo de jogar, em defesa alta, de Roger Schmidt.

Em suma, Brooks vem, nesta fase, para ser o terceiro central. Não vem para entrar de caras no "11" inicial. Contudo não estamos a falar de nenhum “cepo”, mas sim de um jogador de qualidade que, se tiver oportunidades, acredito que cumprirá com competência a sua função dentro da equipa. Bem-vindo, Brooks!


▶ Texto enviado pelo benfiquista João Nuno.


Queres publicar um texto no nosso site? Envia por email ou pelo formulário do site.


NOTA: A opinião aqui transmitida é da inteira responsabilidade do seu autor e não representa, necessariamente, a opinião do Benfica Independente.