leaderboard.gif

Live and Let Die 🎵

S/S Benfica 2007/08 Away


Potenciado bastante pelas redes sociais e pela facilidade de acesso à publicação escrita (seja em caixas de comentários de notícias, seja em rubricas de fraco interesse em plataformas independentes do Benfica), tenho a percepção que vivemos uma época de intensa crítica e ódio. Tudo é mau. Tudo é um drama. Tudo é passível de ser criticado e muitas vezes só porque sim. Sendo assim, e numa semana onde surgiram várias opiniões e discussões sobre os prováveis novos equipamentos, trago-vos uma das camisolas alternativas mais odiadas do Benfica:

O cor-de-rosinha não foi fácil de engolir pelos machos do Benfica mas, sinceramente, não considero a camisola mais feia do Benfica. Tem um decote redondo tradicional, o logotipo do patrocinador foi reduzido em relação à época anterior (que tinha um rectângulo PT gigante) e tem um corte elegante. Podia ser melhor se fosse toda rosa ou toda cinzenta? Podia.

Mas também a época do Benfica podia ter sido bem melhor, começando, por exemplo, por não ter perdido na minha primeira deslocação a Alvalade na meia final da taça depois de estar a ganhar por 2-0 aos 60 minutos.


É evidente que temos direito a opinião e a criticarmos o que não gostamos. Mas não nos podemos é esquecer de uma coisa: o Benfica é de todos.

É dos que gostam de camisolas rosa. Dos que só admitem o branco nos equipamentos alternativos. É dos que vão de vermelho para a Luz. E dos que vão de camisola alternativa. Ou pura e simplesmente dos que vão com a roupa que lhe apetece e ninguém tem nada a ver com isso!

O Benfica é dos que vão ao Marquês. É dos que não vão por opção. E muito também de quem está longe e queria ir ao Marquês, ao Regedor ou à tasca do Ti Chico por ser o sítio com o qual se identifica mais!

Sejemos fiéis às nossas convicções mas invistamos mais tempo a amar e a desfrutar a nossa vivência que a criticar ou a condenar as cenas dos outros.

Cada um vive o Benfica como quer e como pode. Há espaço para todos, cada um no seu.

E que esse espaço apenas seja invadido por estranhos quando nos abraçamos naquele momento em que o Benfica marca um golo. E depois volta tudo à sua vida normal.


Viva o Benfica!


A título de curiosidade:

  • Esta foi a minha camisola nº 11 do Benfica;

  • Também tenho este modelo em versão L/S mas das camadas jovens (com os patrocínios Coca-Cola e Sicasal). Tem o número 10 nas costas e foi alegadamente utilizada por Bernardo Silva.

  • Foi a primeira camisola que comprei à minha filha mais velha (que nasceu precisamente em 2007);

Paul McCartney - Live and Let Die https://open.spotify.com/track/0BlnapfYbgEbTfjtg5tbCT


© 2020 Benfica Independente

Contacto:

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram