leaderboard.gif

Benfica tem início de temporada '8 e 80'



Com o retorno do técnico Jorge Jesus e com o investimento de cerca de 80 milhões de euros (R$ 499,5 milhões, pela cotação atual) para reforçar o elenco, a expectativa em torno do Benfica, para o ciclo 2020-2021, era naturalmente alta. Proporcional à responsabilidade do compromisso com o PAOK, válido pela terceira fase eliminatória da Liga dos Campeões da Europa.


O Maior de Portugal, que já tinha Odysseas Vlachodimos, Rúben Dias, Weigl, Rafa Silva e Carlos Vinícius entre os principais nomes do plantel, trouxe Luca Waldschmidt, Jan Vertonghen, Éverton "Cebolinha", Pedrinho, Gilberto e Darwin Núñez para qualificar sua delegação.


Contudo, mata-mata em jogo único, principalmente em início de temporada, reserva a qualquer clube um lugar no céu ou no inferno. Não existe meio termo.


Eliminação extremamente amarga