leaderboard.gif

Gloriosas: Benfica é campeão da Taça de Portugal Feminina


Benfica conquistou a Taça de Portugal Feminina ao golear o Valadares Gaia por 4 a 0 (Foto: Carolina Brito/SL Benfica)

O último sábado (18) foi um dia muito especial para o maior clube português. Não somente pelo 37º título no campeonato nacional masculino, mas também pelo primeiro título oficial no futebol feminino: a Taça de Portugal. E as mulheres merecem um texto exclusivo para a conquista, é lógico!


Na minha época de representante do Sport Lisboa e Benfica no ESPN FC Brasil, noticiei com entusiasmo a fundação da equipe feminina, o primeiro troféu em torneio amistoso e o primeiro jogo no Estádio do Luz. Agora, nesta comunidade global de benfiquistas, tenho a honra de contar mais um belo capítulo desta história, a qual nos enche de orgulho. As Encarnadas se sagraram campeãs da copa nacional com uma incontestável vitória de 4 a 0 sobre o Valadares Gaia, no Estádio Nacional do Jamor, que também é o tradicional palco da final da edição masculina. Os gols foram anotados pela cabo-verdiana Evy Pereira e pelas brasileiras Yasmim, Ana Vitória e Darlene.


As comandadas de João Marques controlaram as ações da partida do começo ao fim. Elas inicialmente tiveram dificuldades para quebrar o ferrolho imposto pelas adversárias, tanto é que os 45 minutos iniciais terminaram zerados, porém abriram a porteira durante a etapa final. O primeiro gol saiu dos pés de Darlene, que sofreu pênalti e converteu seguramente a cobrança enquanto o relógio apontava 54 minutos de disputa. O 2 a 0 também se concretizou em um lance de bola parada, aos 69', quando Yasmim cobrou falta com maestria. Três minutos mais tarde, uma bela jogada de Yasmim e Darlene desmontou o sistema defensivo do Valadares e deixou Ana Vitória livre de marcação para ampliar o marcador. A sentença veio aos 86 minutos: com a ajuda do VAR, a árbitra Teresa Oliveira apontou penalidade máxima sobre Evy Pereira e a própria Evy chamou a responsabilidade para decretar o triunfo.


Ao erguerem a primeira taça em um certame oficial, as mulheres de águia ao peito garantiram a festa vermelha no Jamor e gravaram para sempre os seus nomes na história do Clube do Povo. Coisa linda de se ver. O SL Benfica, inclusive, disponibilizou os gols do título em suas redes sociais. No caminho rumo ao paraíso, as Águias golearam Marítimo (5 a 1), Ribeirão 1968 (21 a 0) e Atlético Ouriense (16 a 0) e despacharam o campeão nacional Braga em uma impressionante reviravolta de 5 a 4 no placar agregado (derrota de 2 a 1 na ida e vitória de 4 a 2 na volta). Estavam destinadas a vencer, realmente!


A comemoração do gol de Darlene, que abriu caminho para o título da Taça de Portugal (Foto: Reprodução/SL Benfica)

O duelo entre Benfica e Valadares Gaia registrou o segundo maior público do futebol feminino em Portugal: 12.632 pessoas. Esta assistência ficou atrás somente dos 15.204 torcedores que acompanharam o Dérbi solidário entre Benfica e Sporting, no Estádio do Restelo, em Lisboa, cuja renda de bilheteria, de 38 mil euros, foi destinada às vítimas do ciclone Idai, o qual atingiu Moçambique, Malawi e Zimbábue. Disputado no último dia 30 de março, 16 dias depois do desastre na África, o amistoso foi vencido pelas leoninas por 1 a 0, através de pênalti convertido por Joana Marchão.


Cumprida a missão de ganhar a Taça de Portugal, as benfiquistas agora estão concentradas no Campeonato Feminino de Promoção, a segunda divisão, onde têm 100% de aproveitamento, acumulam saldo positivo de 318 gols (319 marcados e apenas um sofrido) e marcham rumo à primeira categoria. Até o momento, são 23 vitórias em 23 jogos (16 da primeira fase e sete da segunda fase), com maior destaque para o impactante placar de 28 a 0 contra a Ponte de Frielas, logo na estreia, em 16 de setembro. Este resultado superou o 21 a 0 do Sporting sobre o Mindelense, pela Taça de Portugal de 1971, e se converteu na maior goleada da história do futebol português. Que moral, não é?!


As Gloriosas ficaram no topo do seu grupo na primeira fase, com 48 pontos, e agora lideram o Grupo Sul com 21 pontos, oito a mais que o vice-líder Condeixa - a chave na primeira fase tinha nove times, enquanto a da segunda fase conta com seis times. A promoção pode ser conquistada matematicamente na próxima jornada, mais precisamente no dia 29, contra o Estoril B. Após esta fase, em caso de confirmação de vaga, elas decidirão o título do Campeonato Feminino de Promoção com o líder do Grupo Norte. O concorrente será Cadima, Lusitanos de Vildemoinhos ou Grijó - na verdade, o atual líder do Norte é o Braga B, mas elas não podem subir de divisão porque o time principal joga o primeiro escalão.


O Benfica Feminino, vale sublinhar, tem duas jogadoras convocadas para a Copa do Mundo 2019, agendada para acontecer na França entre 7 de junho e 7 de julho. São elas a zagueira Tayla, 27 anos, e a atacante Geyse, 25. Ambas irão defender a Seleção Brasileira, comandada pelo técnico Vadão - a Wikipédia disponibilizou as convocações das 24 seleções na sua versão inglesa. Boa sorte, benfiquistas!

© 2020 Benfica Independente

Contacto:

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram