top of page
leaderboard.gif

Juan Bernat

Lateral Esquerdo, 30 Anos, 1,70 m, 67 Kg, canhoto, internacional espanhol por 11 ocasiões, contando já com um golo marcado na sua estreia pela “La Roja”. Com a chegada (e investimento realizado na aquisição) de David Jurásek ao SL Benfica, fiquei convicto que a intenção de Roger Schmidt era fazer do checo a principal opção para a lateral esquerda encarnada. Após alguns jogos e vários treinos, conhecendo melhor o atleta, terão surgido algumas dúvidas sobre a integração imediata do internacional checo na equipa titular do Campeão Nacional. Assim, e após a saída de Mihailo Ristić que não entrava nas contas do técnico alemão, o SL Benfica atacou o mercado nos últimos dias da “janela de verão” e encontrou uma excelente alternativa para o lugar chamada Juan Bernat.


O tal perfil idêntico a Grimaldo que tanto pedi acabou por chegar tarde, mas a boas horas! Como bem disse o presidente Rui Costa, Juan Bernat é um “jogador de Liga dos Campeões”. Um jogador formado na boa escola do Valencia onde chegou até à equipa principal. Aí mostrou todo o seu potencial e chamou a atenção de Pep Guardiola que o levou para Munique, a fim de ser o lateral do seu Bayern. O internacional espanhol acabou por realizar boas épocas na Alemanha, ajudando a formação bávara à conquista de vários títulos. Após 4 anos naquele colosso europeu, chegou a proposta do multimilionário Paris SG. Thomas Tuchel quis contar com Bernat para ser o titular do corredor esquerdo e o espanhol não defraudou as expectativas, tendo contribuído com boas exibições para a conquista de vários troféus da melhor equipa de França. Entretanto, a chegada de Nuno Mendes fez com que deixasse de ser a principal opção da formação parisiense, pelo que acredito que o espanhol, nesta fase da carreira, veja no SL Benfica um excelente clube para relançar uma carreira em que contabiliza 8 campeonatos (4 da Alemanha e 4 de França) nos últimos 9 anos.


Juan Bernat é um jogador com enorme capacidade associativa (muito “tiki-taka”) e que procura terrenos não exclusivamente laterais, mas também interiores, tal como fazia Grimaldo. Vai trazer maior qualidade na nossa saída de bola, pois é muito dotado do ponto de vista técnico (forte no 1x1) - embora menos criativo que Grimaldo - sentindo-se muito confortável em progredir no campo com bola. Em comparação com Grimaldo, Bernat arrisca menos no passe. Tem muito critério na tomada de decisão, procurando mais vezes temporizar em detrimento de um futebol mais vertiginoso. Tem boa chegada à área e qualidade na definição.


Do ponto de vista defensivo, Bernat é mais agressivo nos duelos que Grimaldo, contudo é no jogo sem bola que residem as suas maiores debilidades. Tem dificuldades em defender a profundidade e em fechar ao meio. Pelas suas características físicas (é um lateral tipicamente espanhol), revela, também, limitações no jogo aéreo.


Em suma, trata-se de um grande reforço que vai colmatar uma das grandes lacunas que tínhamos no nosso “11 inicial”. É daqueles jogadores que acredito que será para chegar, ver e vencer. Uma enorme mais-valia para o Campeão Nacional! Bem-vindo, Juan Bernat!


▶ Texto enviado pelo benfiquista João Nuno. Queres publicar um texto no nosso site? Envia por email ou pelo formulário do site. NOTA: A opinião aqui transmitida é da inteira responsabilidade do seu autor e não representa, necessariamente, a opinião do Benfica Independente.

Comments


bottom of page