leaderboard.gif

O que esperar do Benfica no retorno da Liga?



Depois de quase três meses de paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus, que infelizmente já contaminou mais de 6 milhões de pessoas, provocou aproximadamente 390 mil óbitos ao redor do mundo e vem se concretizando como a maior crise do século XXI, a Primeira Liga de Portugal está de volta. O retorno, contudo, esteve ameaçado, pois 11 jogadores testaram positivo para Covid-19 no início de maio: foram cinco casos no Famalicão, três no Vitória de Guimarães, um no Moreirense, um no Belenenses SAD e um no Benfica. O SLB revelou a identidade do atleta infectado: o meio-campista David Tavares, que continua afastado do elenco, conforme orientações médicas. Na ocasião, o Maior de Portugal pediu a autorização do jovem de 21 anos para a divulgação do exame.


Por avaliar que o país já havia passado pelo pico da pandemia - no momento, são 33.261 casos notificados, dos quais 20.079 estão clinicamente recuperados, 1.735 continuam ativos e 1.447 vieram a óbito -, a Direção Geral da Saúde - equivalente ao Ministério da Saúde no Brasil, onde a Covid-19 até agora infectou meio milhão de pessoas e matou mais de 30 mil, e ainda não se sabe quando o futebol volta - autorizou o reinício do maior certame do futebol português para a primeira semana de junho. Agora, 19 países, sendo 13 da Europa, quatro da Ásia, um da América e um da África, juntamente com um território semiautônomo da Europa e um território semiautônomo da Ásia, têm bola rolando em meio à pandemia.


Alento para os adeptos lusitanos, que estavam com abstinência de futebol e tinham saudades de ver o time do coração jogar, certo? Em partes... O acesso às partidas só está permitido para jogadores, comissões técnicas, dirigentes, equipe de arbitragem, profissionais de imprensa e funcionários dos estádios. E os jogadores não podem se abraçar nas comemorações. Futebol sem torcida e sem abraços nos gols é uma experiência estranha... Mas, como diz o ditado: "Hoje não é um dia qualquer... Hoje joga o Sport Lisboa e Benfica!".